terça-feira, 7 de março de 2017

Descanse no Senhor













"Ó SENHOR Deus, eu já não sou orgulhoso; deixei de olhar os outros com arrogância. Não vou atrás das coisas grandes e extraordinárias, que estão fora do meu alcance."Assim, como a criança desmamada fica quieta nos braços da mãe, assim eu estou satisfeito e tranquilo, e o meu coração está calmo dentro de mim. Salmos 131.1-2
Estamos vivendo tempos difíceis, dias de crises: crise política, crise financeira, crise do desemprego, crise no futebol, da dengue, do dólar, da corrupção, do tomate, limão, honestidade, em fim, falta bom e sobra o ruim e com isso...
Os recordes estão em alta! Todos estão querendo superar metas, época de olimpíadas, tempo de esportes, é preciso vencer, conquistar, subir no pódio, quebrar o próprio recorde.
Com certeza a vitória é muito boa, deve trazer muito orgulho, mas para manter este orgulho com certeza custa muito, às vezes alem do que se pode pagar.
Com o sonho de disputar as Olimpíadas de 2016, alguns jovens estão trocando o lazer pelos treinos.
É o caso de Taynara Melo, 15 anos, e Ícaro Costa, 16, ambos da seleção brasileira sub-17 de judô. Treinam a cinco anos de forma incansável e se dividem entre o tatame e a escola. Deixaram de Comer hambúrguer e tomar refrigerante, sair com os amigos no fim de semana ou pegar um cinema, programas que todo adolescente faz. Tudo porque escolheram subir no pódio do judô 2016. (tudo tem seu preço).
Até quando iremos vencer as crises? Até quando “poderemos treinar”?
O salmista Davi nos ensina neste salmo que toda as nossas forças, tecnologias e capacitação, não poderão nos manter orgulhosos para sempre, pois a “arrogancia nos faz morrer aos poucos”. Não devemos andar atrás de coisas extraordinárias, que estão fora de nosso alcançe.
O melhor é descansar “nos braços do Senhor” confiar a vida em sEus cuidados e assim, teremos sempre a vitória, que só Ele pode dar.

Descance no Senhor.
Pr. Luis Freitas 

0 comentários:

Postar um comentário