segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Óculos Sujos

















O teólogo Jerônimo D. Fleichman, escreveu certa vez que ele gostava da história a respeito de uma menina que não sabia bem espanar a mobília, conforme exigia sua avó, e esta a fazia espanar novamente; outra vez; mais uma; e não estava ainda satisfeita. Afinal, desanimada a menina levantou os olhos e disse: "Vovó, a poeira não está sobre a mobília, mas deve estar sobre os teus óculos." 

Esta ilustração me faz lembrar um grande ensino de Jesus e que nos é muito oportuno em nossos dias; pois com muita facilidade pessoas olham para aquilo que julgam ser erro e ou defeitos de outros, mas que em geral não deixa de ser a projeção delas mesmas em seu próximo.
Quando você julga os outros, não os define, define a si mesmo.

Como é que você pode dizer ao seu irmão: “Me deixe tirar esse cisco do seu olho”, se você não repara na trave que está no seu próprio olho? Hipócrita! Tire primeiro a trave que está no seu olho e então poderá ver bem para tirar o cisco que está no olho do seu irmão. Lucas 6.42

Lembre-se; Bom não é aquilo que me agrada. Bom é o que agrada a Deus.
Cuidado! A manchinha que você está vendo na vida do seu próximo pode estar nas “lentes de seus óculos”.
Deixe Deus julgar, pois Ele conhece a intenção de cada coração, cuide bem do seu!   

Deus te Abençoe

0 comentários:

Postar um comentário