sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Grande Alegria















A sua ira dura só um momento, mas a sua bondade é para a vida toda. 
O choro pode durar a noite inteira, mas de manhã vem a alegria. Salmos 30.5

Passamos por lutas e sofrimentos que nos fazem sair da zona de conforto, pela perda do emprego, 
chegada repentina da enfermidade, a falência familiar, onde filhos “saem dos eixos”, 
cônjuges traem ou abandonam o lar; em fim, são tantos fatores que podem nos fazer sofrer.

Algumas vezes são provas para nosso crescimento, mas em geral são consequências de nossas 
escolhas e decisões erradas.
Deus é misericordioso mesmo quando trata nossos erros; Ele nos ajuda e nos auxilia nas aflições. 
A sua ira dura só um momento e logo se transforma em alegria.

Louvado seja o Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai bondoso, o Deus de quem todos recebem 
ajuda! Ele nos auxilia em todas as nossas aflições... 2 coríntios 1. 3-4

Houve um ano que fiquei varias vezes internado no hospital para tratamento e contei todas as injeções
que me aplicaram, foram 156 naquele ano e eu não suporto injeção!
Assim como uma injeção aplicada por um médico, o desconforto da ira de Deus dura pouco tempo, 
mas seu efeito benéfico se prolonga.
Que Deus nos encha de força e coragem para enfrentarmos as dificuldades, pois temos a 
confiança que o amanhã será de Grande alegria.

Deus nos abençoe

Pr. Luis Freitas

terça-feira, 8 de novembro de 2016

O que é o homem?














Quem sou eu? Será que eu valho alguma coisa?

Conta-se que certo dia Arthur Schopenhauer, o filósofo do pessimismo, estava sentado no 
Tiergarten, em Frankfurt, meio desanimado, maltrapilho, quando o guarda do parque, 
confundindo-o com um vagabundo, perguntou-lhe rudemente: "Quem é você?" 
O filósofo respondeu amargamente: "Por Deus, como eu gostaria de saber!”.

Quando olho para o céu, que tu criaste, para a lua e para as estrelas, que puseste nos seus lugares
 (penso) que é um simples ser humano para que penses nele? Que é um ser mortal para que 
te preocupes com ele? No entanto, fizeste o ser humano inferior somente a ti mesmo e 
lhe deste a glória e a honra de um rei. Salmos 8.3-5

Tempos atrás em uma entrevista pediram para me descrever.
"Quem sou eu?" Nunca pensei que seria tão difícil responder a uma pergunta tão simples como esta.
Creio que seja muito importante nos conhecer bem, saber com detalhes nossas particularidades. 
]Como fui formado? Por quê? Para que? Afinal, enquanto não nos encontrarmos a nós mesmos, 
não podemos descobrir plenamente qualquer outra coisa, nem podemos crescer em 
maturidade pessoal, afinal como posso obedecer ao segundo maior mandamento de Deus.

Ame os outros como você ama a você mesmo.  Mateus 22.39.

Todo aquele que crê em Deus e tem Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, experimenta o 
próprio Deus é amor, e nossas experiências de amor é um reflexo essencial da nossa semelhança 
com ele. Pois foi assim que Ele nos formou; a sua imagem e semelhança.

Não deixe ninguém dizer ao contrário.

Deus te abençoe

Pr. Luis Freitas

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Ensina-me a orar













E, quando pedem, não recebem porque os seus motivos são maus. Vocês pedem coisas a fim de usá-las para os seus próprios prazeres.Tiago 4:3

Quantas vezes eu oro, oro a Deus e nada acontece? Dá a impressão que Ele não está nem aí 
comigo, me ignora por completo, pois o que parece é que meus pedidos nem são ouvidos.
Estes são os pensamentos de DUVIDAS, desconfiança, falta de esperança em receber, em ter o 
que se espera.
No caso duvidamos da fidelidade de Deus em responder nossas orações; no entanto:
Conta-se que durante a segunda guerra mundial, uma viúva italiana ficou sem dinheiro para pagar 
os aluguéis da casa onde morava. Orou, clamou, jejuou durante muitos dias e nada adiantou. 
Em desespero, foi despejada pelo proprietário e obrigada a procurar abrigo em casa de parentes 
numa cidade vizinha. Logo após sua saída, a cidade foi totalmente arrasada por bombardeio nazista. 
Agora tudo ficou claro. O silêncio de Deus era para seu bem.

Quando não esperamos muito de nossas orações; quando questionamos o seu poder, 
duvidamos de sua eficácia; Deus não responde; Ele não age na dúvida, não responde oração 
sem fé, isso é prova de que, não sabemos pedir e muitas vezes nada esperamos de nossa oração,
 oramos por orar, simplesmente por hábito ou dever ou quando não, pedimos só por nosso 
interesses e satisfações pessoais; mas:

“Devemos orar sempre, não até Deus nos ouvir, mas até que possamos ouvir a Deus.” Nada está fora do alcance da oração, exceto o que está fora da vontade de Deus.

Quando estamos na presença de Deus, temos coragem por causa do seguinte: se pedimos 
alguma coisa de acordo com a sua vontade, temos a certeza de que ele nos ouve. I João 5.14

Como é gostoso e confortante saber que o Senhor Criador e mantenedor de todas as coisas, 
inclusive a mim, minha vida, famílias, meu tudo... Ele me ouve! E atende as orações. 
Que delicia é saber isso.
O melhor mesmo é aprender a orar e não existe ninguém melhor do que o próprio mestre 
para nos ensinar, então faça como o discípulo e peça a Ele.

Um dia Jesus estava orando num certo lugar. Quando acabou de orar, um dos seus discípulos pediu:
— Senhor nos ensine a orar...  Lucas 11.1

 Oração é fonte do poder então peça a Deus que te ensine a orar.

Deus te abençoe.

Pr. Luis Freitas