segunda-feira, 20 de junho de 2016

Já pediu?






Leitura Gn 15:1-6 "Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão.
Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer?
Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro.
E eis que veio a palavra do Senhor a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro.
Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência.
E creu ele no Senhor, e imputou-lhe isto por justiça."

Hoje vamos meditar sobre a Oração. 
Como é bom falar com Deus. Ele nos ouve nos dá a atenção e responde as nossas orações.

Vamos aprender os 7 elementos da oração.

1º) Promessa
Promessa é aquilo que Deus prometeu para seus filhos. Deus quer que sejamos vitoriosos, vencedores e brilhantes assim como foi Jesus quando estava na Terra. E Ele nos promete bençãos e suprimento de tudo o que precisamos. Basta nEle descansar.
Assim como Ele disse a Abraão: "não temas, eu sou teu escudo...", Ele diz o mesmo para nós.

2º) Pedido
Deus quer nos dar o melhor, mas Ele também espera que pedimos. Ele gosta de nos ouvir de ter comunhão com seus filhos. E Ele tem poder para tudo. Ele pode mudar o mundo em respostas a nossas orações. 
Em Josué 10.13-14 há uma passagem que diz exatamente isso. Quando Josué estava em uma guerra e pediu para parar o sol. A oração de Josué chegou aos ouvidos de Deus e assim Ele o fez.
Então, não podemos esquecer que devemos pedir para o nosso pai.

3º) Fé
Ah a fé! Ter fé em Deus é um dos maiores segredos para uma vida de oração bem sucedida. Nessa passagem de hoje podemos notar que Abraão creu no Senhor, ou seja, aquilo que Deus falou ele confiou e descansou. Abraão tinha aproximadamente 80 anos quando Deus disse que daria um filho a ele. Ele creu e recebeu.
E nós cremos naquilo que Deus disse que fará?

4º) Oposição do inimigo
O nosso inimigo se opõe fortemente às nossas orações. Ele se incomoda em nos ver tendo comunhão com nosso pai. Podemos ser incomodados pelo nosso inimigo, mas Deus é maior que qualquer um deles. E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. (1 Co 10.13)

5º) Demora na resposta
Àa vezes a resposta as nossas orações podem não chegar no tempo que gostariamos. No caso de Abraão o tempo da sua resposta foram próximos de 15 anos, ou seja, 15 anos depois do que Deus disse que ia acontecer aconteceu. Então podemos aprender que algumas orações requer um tempo certo para seu cumprimento. E se houver impaciência a benção pode ser perdida.

6º) Ação de Deus
No momento que Abraão estava orando e o inimigo veio o incomodar (Gn 15.11-12) o Senhor agiu e mandou um fogareiro para afastar de Abraão as trevas (Gn 15.17).

7º) Cumprimento
Assim que Abraão creu Deus encerrou o assunto. E então Abraão aguardou a promessa ser cumprida. E no tempo de Deus nasceu seu filho Israel.

Peça ao Senhor, Ele se agrada em nos ouvir, confie nEle e aguarde sua benção chegar.

Deus te abençoe.

Fernanda Angélica.





2 comentários: