quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Seja sábio

Seja Sábio
Como é ruim estarmos diante de um problema e não sabermos resolvê-lo, faltando-nos conhecimento, sabedoria e no fim nos sentimos impotentes.

Mas, se alguém tem falta de sabedoria, peça a Deus, e ele a dará porque é generoso e dá com bondade a todos.Porém peçam com fé e não duvidem de modo nenhum, pois quem duvida é como as ondas do mar, que o vento leva de um lado para o outro. Tiago 1.5

A sabedoria dada por Deus é eficaz e nos momentos mais difíceis, onde e quando mais precisamos o Senhor nos concede.  Ela é um tipo de conhecimento “sobrenatural” adquirido pela intimidade com Deus, experiência que só conhece os que provaram e os que estão dispostos a experimentar esta deliciosa experiência.

Lemos na bíblia que certa vez: Jesus estava no meio do lago andando por sobre as águas, era noite e o vento soprava com muita força, os discípulos ficaram apavorados com aquela cena até que ouviram a voz do mestre que se identificou: Sou eu! Pedro logo disse; se és tu mandes que eu vá andado em cima da água. Venha! – respondeu Jesus. Porém, quando sentiu a força do vento, ficou com medo e começou a afundar. Então gritou: —Socorro, Senhor! Imediatamente Jesus estendeu a mão e segurou Pedro.  Mateus 14. 24-31
A sabedoria dada por Deus não nos chega por meio da escola e de bons professores, pois excede nosso entendimento, uma experiência vivida ao observar “um pássaro ou os lírios dos campos” podem nos ensinar muito mais que muitos dias de aulas.
Busque estar aos pés do grande e amoroso mestre Jesus, a fonte de toda sabedoria.

Deus te abençoe
Pr. Luis Freitas

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

Falando e fazendo

Infelizmente muitos têm feito a evangelização só de boca e no tempo de crise atual isso não é suficiente, precisamos ir alem, “arregaçar as mangas e fazer acontecer”.
Tiago, conhecido como o justo nos ensina que “falar sem fazer, não tem nada haver”.
Por exemplo, pode haver irmãos ou irmãs que precisam de roupa e que não têm nada para comer. Se vocês não lhes dão o que eles precisam para viver, não adianta nada dizer: “Que Deus os abençoe! Vistam agasalhos e comam bem. ” Portanto, a fé é assim: se não vier acompanhada de ações, é coisa morta. Tiago 2.15-17
Conta-se que: Certo capelão voluntário no campo de batalha encontrou um soldado gravemente ferido e perguntou-lhe: “Você quer que eu leia um trecho da bíblia?” “Tenho muita sede e preferia que o senhor me desse um copo d’água”. O ministro providenciou a água e o soldado bebeu logo. “Quer, agora, que eu leia uma passagem do livro?” “Preferiria que o senhor colocasse alguma coisa debaixo da minha cabeça”. O capelão tirou o capote, dobrou-o, fez dele uma espécie de travesseiro e colocou-o debaixo da cabeça do soldado. “E agora, quer que eu leia uma parte deste livro que á a Palavra de Deus?” “Sinto muito frio; preferia que conseguisse um agasalho...”. O ministrou tirou o seu paletó e com ele cobriu o soldado. Depois de tudo isto, o militar, olhando para o rosto do capelão disse: “Agora, se nesse livro há algo que ensine um homem a fazer o que o senhor me fez, peço que me leia uma parte dele”.

Ajude aqueles que precisam; seja de roupas, alimentos, palavras de conforto, presença amiga, ajuda braçal etc. Enquanto faz, abençoe e seja abençoado em nome de Cristo.  
Esse é o padrão de testemunhas que o Senhor busca.

Deus te abençoe

Pr. Luis Freitas

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Paz no coração

"Eu digo isso para que, por estarem unidos comigo, vocês tenham paz. No mundo vocês vão sofrer;
mas tenham coragem. Eu venci o mundo." João 16.33.

Jesus resumiu neste texto tudo o que lhes havia dito naquela noite, reafirmou as recomendações e promessas descritas sobre a verdadeira paz. Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo.João 14.27-
Ele disse aos seus discípulos para terem coragem. Apesar dos conflitos inevitáveis que enfrentariam, não estavam sozinhos. Jesus também não nos abandona em nossos conflitos. Se nos lembrarmos de que a vitória final já foi ganha, poderemos declarar a paz de Cristo nos tempos mais desagradáveis!
Como cristãos, devemos esperar contínua tensão em um mundo incrédulo que está fora de sintonia com Cristo, com suas Boas Novas e com o seu povo. Ao mesmo tempo, podemos esperar que nosso relacionamento com Cristo produza paz e conforto, porque estamos sintonizados com Ele; assim teremos a vitória em Cristo que torna válida a paz interior que somente Cristo pode dar.


A paz de Deus, necessariamente, tem que sossegar nossas mentes e dar descanso aos nossos corações.  A.B.Simpson

Que a Paz de Deus sossegue seu coração.

Pr. Luis Freitas

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

O Deus que supre

Procure descobrir, por você mesmo, como o SENHOR Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele!Que todos os que se dedicam a Deus o temam, pois aqueles que o temem não têm falta de nada! Salmos 34.8-9
São muitos os que vivem com seus problemas, “guardam e os protegem”, fazem de tudo para criar oportunidades em resolvê-los, fazem empréstimos, altas dívidas, viagens, alguns até consultam borra de café para “adivinhar o futuro” e ou “trazer seu amor de volta”; pois em geral os problemas e dificuldades “guardados e protegidos” são de difícil solução.
O salmo nos ensina que Deus é bom. Feliz aquele que encontra segurança nele.    
Quando descobrimos o quanto Deus é bom e generoso, percebemos que nossos problemas são pequenos e podem facilmente ser resolvidos.
Infelizmente muitos creem no Senhor, dizem que o amam, mas... O conhecimento sobre Deus é incompleto e parcial.  
É preciso dar o primeiro passo em direção a obedecê-lo e a confiar nEle, experimentando sua bondade e providencia diária sobre nossa vida, nos protegendo e nos ajudando com nossos problemas outrora insolúveis.
Algumas vezes parece que muitas coisas boas nos faltam, mas esses versículos não dizem que teremos tudo o que queremos, no entanto a bondade de Deus supre as necessidades de todos aqueles que a Ele clamam.
Lembre-se. Deus sabe do que você precisa e de suas necessidades mais profundas; chegará a hora em que Ele satisfará o desejo do seu coração, mas não se esqueça: “Que todos os que se dedicam a Deus o temam”.

Tema e obedeça a Deus

Que o Senhor te abençoe

Pr. Luis Freitas

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Clame ao Senhor!


Vendo e ouvindo diversas entrevistas com a população, pude sentir uma “pequena amostra” da agonia e tristeza daqueles que são atingidos de forma direta pela crise; pessoas desempregadas e sem perspectivas de novo emprego, empresários e comerciantes desesperados sem saber o que e nem como agir diante da crise moral, econômica e política. Crise que gera insegurança e “deseducação”. Só Deus para nos socorrer.
Esta situação lembra uma crise que viveram os discípulos de Jesus; eles estavam navegando quando uma grande tempestade começou a encher o barco de água e seus corações de medo e desespero. Que crise!   
De repente, uma grande tempestade agitou o lago, de tal maneira que as ondas começaram a cobrir o barco. E Jesus estava dormindo. Os discípulos chegaram perto dele e o acordaram, dizendo: —Socorro, Senhor! Nós vamos morrer! Por que é que vocês são assim tão medrosos? —respondeu Jesus. Como é pequena a fé que vocês têm! Ele se levantou, falou duro com o vento e com as ondas, e tudo ficou calmo. Mateus 8.24-26.
Não sei como você está se comportando no seu “barquinho” nesta “tempestade” que vivemos hoje, eu sei que atravessar crises nunca foi muito fácil para ninguém, nos dá medo, insegurança, etc.
A solução é fazer como os discípulos fizeramchegaram perto de Jesus e disseram: Socorro, Senhor! Nós vamos morrer!
Jesus pode acalmar nossas tempestades, pois Ele é Deus de milagres e nos ama, o Deus que está pronto para nos socorrer.

Clame ao Senhor!

Pr. Luis Freitas

segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Enxergando o Natal

Pois já nasceu uma criança, Deus nos mandou um menino que será o nosso rei. Ele será chamado de “Conselheiro Maravilhoso”, “Deus Poderoso”, “Pai Eterno”, “Príncipe da Paz”. Isaías 9.6

O natal é uma boa época para desfazer a ideia de um Jesus desprotegido, sem sorte, e digno da nossa piedade: “coitadinho, tão pequenino naquela manjedoura...” – o que pode Ele fazer por nós?
Não fosse o papai Noel, a árvore, as luzes, os presentes, os amigos e o empenho dos comercio para vender o natal; talvez o Cristo, menino, coitadinho, já teria caído no esquecimento de muitos, esquecido definitivamente, naquela manjedoura fria e sem conforto.
O natal, para nós, cristãos, deve ser visto e ensinado assim como viu o profeta Isaías que centenas de anos antes daquela noite fria, quando o Salvador nasceu: “Pois já nasceu uma criança”, disse Isaias, enxergando pela fé, que Aquela criança era, de fato, a sua, nossa, única Esperança; “... um Filho se nos deu...”.
Precisamos, mais que tudo, e urgentemente, reconhecer que Jesus é a Dádiva Maior que podemos ter da parte do Criador. Dádiva maior do que a vida, Vida eterna posta pela Graça divina, Fruto da providência e sobrenaturalidade de Deus. “O governo está sobre os Seus ombros...”, disse Isaías! É preciso que reconheçamos - Ele é Rei! Isaías viu pela fé que sobre Seus ombros havia um manto real, porque Ele era e é Soberano; “Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro”. “Pai da eternidade” e “Príncipe da Paz”! Isaías entendeu que a Paz completa está reservada para cada um de nós quando com Ele estivermos reinando espiritualmente. “O Meu Reino não é desse mundo”, disse Jesus, certa vez.
Vivermos num tempo em que essas palavras sobre Jesus, nada têm a ver com o natal comercial e festivo que nos é vendido no feriado de 25 de dezembro.
O natal é uma boa época para enxergar Jesus, com os olhos de Deus!
Enxergue o natal de forma correta e viva o “sentido do natal” todos os dias do ano.

Deus te abençoe
Pr. Luis Freitas

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Felizes e Satisfeitos

Felizes são as pessoas honestas, pois tudo dará certo para elas, e elas ficarão satisfeitas com aquilo que ganharem com o seu trabalho! Isaías 3.10
As coisas mudaram muito, estão estranhas, pessoas perderam valores éticos, morais e coisas que tempos atrás eram consideradas erradas, ruins, “pecado”, hoje incomodam poucos.  
Não se pode enganar achando que o “meio certo” ou o indiferente trará bons resultados para sempre, pois o pecado é um mal e tem suas consequências; em longo prazo torna as pessoas miseráveis e as destroem.
Deus procura nos proteger, alertando-nos sobre o mal que causamos a nós mesmos quando vivemos pecando. Ele nos comunica esperança “os justificados receberão a recompensa divina”. "O SENHOR faz o que é certo e ama a honestidade; as pessoas que são obedientes a ele viverão na sua presença." Salmos 11.7
Sabemos que não é tarefa fácil obedecer a Deus e seguir o seu plano. No entanto, devemos continuar em sua verdade e pedir-lhe ânimo e forças. Quem é filho de Deus não continua pecando, porque a vida que Deus dá permanece nessa pessoa.1 João 3.9.
Assim: Ele nos ajudará a sermos pessoas felizes e satisfeitas.
Pense bem!

Deus nos abençoe
Pr. Luis Freitas